Casos de preconceito e intolerância reacendem discussão sobre representação do corpo na arte



Baixe o Áudio

Após vídeo da participação de criança em performance de nu artístico viralizar nas mídias sociais despertando a ira de muitos internautas, o debate sobre os limites da arte tomou a mídia. O professor do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Mauro Trindade, durante anos crítico de artes em publicações como a Revista Bravo, acredita na liberdade como elemento artístico e político.

Produção e apresentação: Ana Mello
Ano: 2017
Veicular até: Indefinido
Coordenação de jornalismo: Gisele Sobral
Coordenação de pesquisa: Izani Mustafá
Coordenador geral: Prof. Marcelo Kischinhevsky
Edição final: Leonardo Pereira

Esta matéria é destinada à veiculação em rádios comunitárias, educativas e emissoras web. Seu uso é liberado mediante crédito.

AudioLab Uerj – Laboratório de Áudio da Faculdade de Comunicação Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCS UERJ).

Author Description

Audiolab

Sem comentários ainda.

Junte-se à conversa